domingo, 15 de março de 2009

Capítulo 79

“Bem eu queria continuar a escrever mas ouvi um barulho lá em baixo e acho que o teu pai acordou. Certamente não iria gostar de me ver aqui. Haa certo, ontem proporcionaste-me a melhor noite da minha vida. Tenho que ir…

P.S.: Amo-te, para todo sempre, em qualquer lugar, em qualquer altura e em qualquer ocasião. “

Eu encostei a folha no meu peito, queria tanto estar ao seu lado. Voltei a deitar-me olhando para o anel e a pensar mas alguém bateu na porta.
Pai: Filha, ainda estás assim? Eu de manhã como ouvi alguém a andar pensei que já estavas acordada.
V: Sim, e estava *disse tentando me desculpar* mas como estava muito cedo tentei dormir mais um pouco.
Pai: Fizestes bem mas agora tens que te arrumar se não queres perder o avião.
V: O pai quer mesmo se livrar de mim. *sorri*
Pai: Claro que quero, passei 18 anos a aturar-te. *piscou-me o olho sentando-se do meu lado e abraçou-me* mas quero que também tenhas cuidado.
Eu fechei os olhos… Algum tempo depois estava de volta a paris, saí do avião, peguei nas minhas malas e parei para ver tudo à minha volta.
V: enfin de retour à paris – finalmente de volta a paris.



xx: bienvenue dame, je peux vous aider en quoi que ce soit? – Bem vinda senhorita, posso ajudá-la em alguma coisa?
V sorriu, aquela voz rouca era-lhe completamente familiar, virou-se para trás largando as malas e abraçou-o.
V: Como soubestes que eu ia chegar hoje?
Sam: Como já devias saber, tenho poderes psíquicos e li a tua mente.
V: Vou ter que ter cuidado com isso… Em que estou pensado agora mesmo? – perguntou ainda com os braços em volta do pescoço dele.
Sam: tas a pensar nas saudades que tinhas de mim e que nunca mais me vais deixar.
V: hahahha convencido!
Sam: Sempre. Como correu a viagem? Resolvestes lá a cena com o “sucré” (rebuçado)?
Ela parou... o Zac.
Sam: Desculpa ter perguntado.
V: Não te preocupes, nós resolvemos seguir em frente, acho eu.
Sam: isso quer dizer que estás livre para ficar comigo.
V: vous êtes plus fou – estás cada vez mais maluco! Mas sim, agora só tu e eu.
Sam: Acho bem, não gostava da ideia de te dividir. – sorriu – Queres comer um gelado?!
V: Quatro bolas com cobertura de morango?
Sam: Claro, isso nunca mudou, não é agora que vai mudar.


Meses depois… nas férias Zac recebe duas visitas no seu apartamento. Abre a porta e…
Nate: Hey!! Tavas a dormir?! Ainda bem que te acordei.
Zac: Nate! – cumprimentam-se e zac vês quem estava atrás dele – Miley! – abraça-a.
Miley: Já que não nos fostes visitar eu resolvi vir ver se os espanhóis valiam a pena.
Nate: Não falem mais do que o teu namorado perfeito, não conseguem!
Zac: tou a ver que vocês continuam exactamente os mesmos.
Miley: Pois, ele continua o mesmo parvo.
Nate: E ela a mesma resmundona.
Zac: O que é isso?
Miley: A nova junção dele: resmungona mais mandona.
Zac: *ri* Já almoçaram?
Nate: É por isso que aqui viemos.
Miley: Vamos para um restaurante perto do aeroporto porque eu tenho um avião para apanhar.
Zac: Já vão hoje?!
Miley: Não, eu vou sozinha para França e o meu namorado perfeito vai ficar aqui contigo.
Zac: Então vamos.
Foram para o restaurante e continuaram a falar.
Zac: E como tá a malta?!
Nate: Tão bem… o Jared entrou numa escola de dança. Po ano vai ser professor.
Miley: A Ash agora tá a gravar um CD.
Nate: O Corbin tá numa equipa.
Zac: Sim, nós falamos há dois dias e ele contou-me que a Monique está com ele.
Nate: resumindo: a vida corre-lhes bem.

5 comentários:

Lely_Hudgens disse...

lindo!perfeito!bjins!!!

di@n@ disse...

Lindo..adorei o capitulo!!!! Estou ansiosa pelos proximos :)
Bjs e continua ;)

ana disse...

tah lindo!
demorou mais saiu!!
posta logo
bjs!

ritinha disse...

lindo...perfeito

Quero maus , please :D

Baby Ashley disse...

Adorei... cada vez mais! Queria que fosses ao meu blog, nunca mais lá foste! Fico á espera da visita e do proximo capitulo!
Kiss