quinta-feira, 3 de abril de 2008

Capítulo 37

Capítulo 37
Zac pensou muito no que deveria fazer e resolveu ir ver o que se estava a passar, no momento em que se estava a tentar levantar quando aparece uma enfermeira.
Enfermeira: Mas o que está a fazer? Não se pode esforçar se não pode romper os pontos.
Zac: Eu tinha sede.
Enfermeira: Mas tem aqui água.
Zac: Sim, mas antes eu ia a casa de banho.
Enfermeira: Chamava alguém e pedia ajuda.
Zac: Pode me arranjar uma cadeira de rodas? Estou cansado de estar deitado.
A Enfermeira foi a um quarto e trouxe-lhe uma e ajudo-o a se sentar.
Zac: Obrigado.
Enfermeira: Agora tenho que ir mas se precisar de alguma coisa não hesite em nos chamar.
Vai-se embora e logo a seguir Zac também sai indo em direcção ao quarto de Vanessa. Chegando lá abre a porta e finalmente vê-a, deitada na cama. Zac aproxima-se, encostando-se a cama passando a mão suavemente pela cara dela.
Zac: Desculpa, a culpa foi minha. Juro-te que nunca mais vais passar por isso.
A certa altura entra um enfermeiro muito mau humorado.
Enfermeiro: Não pode estar aqui. Esta paciente não pode receber visitas.
Zac: Mas… porquê? Eu pensava que ela já estava melhor.
Enfermeiro: Se em coma quer dizer que ela está bem. Então sim!
Zac: Em coma? Mas…
Enfermeiro: Vou chamar para te levar daqui.
Zac ficou completamente paralisado, as suas mãos não se mexiam nem muito menos os seus pés. Só ouvia o seu coração acelerado a bater, que por momentos pensou que ia parar. Isto não podia estar a acontecer. Porquê? Zac logo quando o enfermeiro virou-se saiu e foi para o seu quarto. Lágrimas vieram-lhe aos olhos. 1hora depois chegam os outros muito felizes a tentar alegrar Zac, mas ele estava demasiado ferido.
Zac: Desculpem mas eu posso falar com o Nate?
Todos entenderam, despedindo-se dele e saindo.
Nate: O que foi?
Zac: Não me tens nada para dizer?
Nate engoliu a seco.
Nate: O quê?
Zac: Porque não me dissestes? Ela… ela está assim por minha causa.
Nate: Foi por isso que não te disse. Tu ias “crucificar-te”, exactamente como estás a fazer agora, mas a culpa não foi tua.
Zac: Pois não, aquele homem resolveu ir lá porque lhe apeteceu.
Nate: E o que vais fazer? Eu não te disse porque já te conheço, tu ainda vais fazer asneiras.
Zac: Eu estive a pensar e tenho que te contar uma coisa.
Nate: Não gosto do tom da conversa.
Zac tinha pensado muito antes de resolver contar a Nate… o que lhe ia dizer?

4 comentários:

HannaMoranguita disse...

Está lindo! Parabéns! Coitada da Nessa! E do Zac também! Beijos

Anónimo disse...

Adorei o cap tá lindo...amei..bjus Bi

Di@n@ disse...

Lindo...adorei!!! O k e ke o zac tm pra dizr ao nate???
Estou ansiosa pelo proximo...
Bjs e continua

Anónimo disse...

ameii!!! estA LINDUHHH...tas de parabens kontinua a tua historia esta demais estou a adorar xau bjxass:VERA RODRIGUES