sexta-feira, 21 de março de 2008

Capítulo 13 e 14

capítulo 13
Miley entrou no bar e saiu de lá com a V, Zac seguiu-as. V e Miley sentam-se num banco começam a falar enquanto Zac escondia-se atrás de uma árvore.
V: Vamos para casa.
Miley: Posso perguntar o que aconteceu lá dentro?
V: Eu também não sei… Deu-me uma coisa qualquer quando…
Miley: Quando viste aquela rapariguinha beijar o Zac.
V: Eu não te vou mentir. Eu acho que sinto alguma coisa por ele mas…
Quando a V ia acabar de dizer ouvem um estalido atrás da árvore e levamtam-se assustadas.
Miley: Quem está aí?
Zac sai.
Z: Não se preocupem, sou só eu.
V: Tavas aí há muito tempo?
Zac: Há algum…
V: E o que é que ouviste?
Zac: Desde aquela parte que… Desde o início!
V: Tu não tinhas o direito de ouvir as conversas dos outros. Não tinhas!
Zac: Desculpa, foi sem querer.
Miley, vendo que a conversa ia longe vai-se embora e manda um sms a V: Estavam tão divertidos que eu não os quis interromper. Beijos…
Zac: O que disseste, é verdade?
V: Não, eu hoje estava com uma vontade intensa de mentir e prontos.
V senta-se no banco e Zac a seguir faz o mesmo. Ficam calados durante algum tempo até que Zac olha para o céu e ganho coragem.
Zac: Eu… acho que também sinto alguma coisa por ti… mas tenho receio.
V fica surpresa. Como um rapaz como ele poderia os seus sentimentos dessa maneira?
V: Medo de quê?
Zac: Nada, nada. Não gosto de falar deste assunto.
V: Fala, vais ver que vais-te sentir melhor. Não confias em mim?
Zac: Sim mas… (Zac respira fundo e resolve contar) Foi a pouco tempo… quer dizer, para mim, parece que foi ontem. A pessoa que eu mais amei neste mundo morreu, por minha culpa.
V não sabia o que dizer
V: Não te culpes assim… tenho a certeza que a culpa não foi tua!
Zac: Tens a certeza? Eu estava com ciúmes dela por a ter visto tão perto de um rapaz que por acaso era o primo dela. Estava tão cego de ciúmes que a primeira coisa que eu fiz foi sair com o carro a alta velocidade e ela veio atrás de mim. Estava a chover muito, a estrada estava escorregadia. (Zac não se contém e rola-lhe uma lágrima na face) Eu… eu estava à frente dela e ela não conseguia ver o carro que veio em nossa direcção. Era um grupo de amigos que estavam bêbados e viam em contra mão e batemos todos. Foi um acidente muito grave… todos nós ficamos gravemente feridos mas eu.. eu fuie o único que sobrevivi. Porquê??? Não me importava de ter…
V: Não digas isso! Eu preciso de ti!!!
Zac levanta a cabeça. Essas palavras fizeram Zac recordar que ainda estava vivo. Que por alguma coisa não tinha morrido… ainda tinha muito para viver… ainda tinha muito para acontecer…

Capítulo 14
V pega na mão de Zac e limpa-lhe as lágrimas.
V: Já passou…. Não te culpes mais, ela não iria querer ver-te assim…
Zac: Mas, mas…
V dá-lhe um abraço mas depois separa-se.
V: Desculpa…
Zac: Não… eu…
Zac aproxima-se de V, passa-lhe suavemente a mão pela a cara e dá-lhe um beijo. V tenta soltar-se mas ao mesmo tempo não queria. Queria ficar ali e que aquele momento nunca acabasse… Começou a chover… mediante os pingos da chuva caía, eles ficavam mais apaixonados.
Zac: É melhor levar-te para casa…
V: Está bem.
Correm de mãos dadas até ao carro. Zac leva-a a casa e pára em frente.
Zac: Bem, acho que é hora da despedida. Obrigado pela conversa.
V: De nada. Até amanhã.
Um olha para o outro e iam-se beijar quando Stella, a irmã mais nova da V aparece à janela e diz.
Stella: A minha mana tem um namorado!!!
V: É melhor eu ir.
Zac: Até amanhã. (dá-lhe um beijo… na cara)
V: Sim… até amanhã! (ri-se)
Zac fica parado a ver a V entrar em casa, quem lhe abriu a porta foi a irmã que logo foi atacando com perguntas.
Stella: Era o teu namorado? Quando é que nos vais apresentar? Eu vou contar a mãe.
V: Não, ele não é meu namorado. Stella, pára.
Mas a irmã não ouviu mais foi logo a correr contar a mãe.
Stella: Mãe, sabias que um rapaz veio deixar a V em casa? Era loiro e tihna olhos azuis, é o novo namorado dela.
V: Não é nada. É da minha turma e também está a fazer o High school musical.
Gina: Que bom que já fizeste amigos… Este ano foi depressa.
V: Sim…
Stella: Não é amigo é o namorado. Primos e casados foram à igreja.
V: Mãe… ela começa a irritar.
Gira: ó querida, deixa-a… não ligues. Mas e ele é mesmo teu namorado?
V: Não, mãe, não comeces também!
Gina: Está bem, está bem. Só fiquei curiosa. Vai lá tomar o teu banho mas despacha-te porque o jantar já está quase pronto.
V: Não mãe, não tenho fome… vou tomar banho e depois deitar, foi um dia cansativo.
Gina: Mais logo levo-te alguma coisa.
V: Obrigado, ainda tenho que estudar.
Gina: Não te estas a esforçar muito?
V: Não te preocupes mãe.
V sobe as escadas e vai para o seu quarto, toma banho e depois deita-se na cama e pensa no que tinha acontecido quando os seus pensamentos são interrompidos pelo telemóvel. Era uma mensagem do Zac.
“Não consigo dormir. Tenho saudades tuas!”
O que ela haveria de responder? Também gostava muito dele mas como é que ia ficar a relação deles agora que tudo tinha mudado?
Vejam o que vai acontecer no próximo episódio.

8 comentários:

Di@n@ disse...

Adorei o capitulo... esta simplesmente fantastico!!!!!!! :)
Continua assim... estou ansiosa pelo proximo
bjs

baby s disse...

est mt bom... muitos parabens esta fantasticooq

HannaMoranguita disse...

temos de ver o q vai acontecer nos next capitulos? sera q ainda consegues postar hoje?! é q é uma seca esperar! max temos de ser pacientes, né?!
kiss

Mariana disse...

exta indu mtx paravenx...=)

miza disse...

esta muito fixe parabens

TIta disse...

Adorei esta parte foi fantastica=)

elsa disse...

adorei!poxta maix kapitulox pf!

Anónimo disse...

ameiiiii!!!!adoreiii kontinua assim kom estes kapitulos linduhhhs e cada vez melhores....xau bjx