sábado, 22 de março de 2008

Capítulo 15 e 16

Capítulo 15

V resolveu não responder até porque estava muito cansada e também porque não sabia o que havia entre eles, se é que houvesse alguma coisa.
No dia seguinte, V acorda mas sente-se muito mau. Levanta-se e vai à cozinha onde está a sua mãe a preparar o pequeno-almoço.
Gina: Bom dia!
V: Mau dia…
Gina: Que cara é essa filha?
V: Dói-me a cabeça.
Gina vai ao pé da filha e põe a mão na testa dela.
Gina: Estas a ferver! Não podes sair de casa desta maneira.
V: Não mãe, eu tenho que ir. Não quero ficar em casa.
Gina: Não, não.
V: Eu tomo um remédio qualquer e isso passa, vais ver!
Gina fica em dúvida mas a filha lá acaba por a convencer.
Gina: Pronto, está bem. Mas prometes que se sentires mau vens logo para casa?
V: Sim mãe, eu venho!
Gina: Eu levo-te a escola.
V: E a Stellinha?
Gina: Ela vem connosco. Vá, vai tomar o remédio.
V toma o remédio, o que não fez diferença nenhuma. Gina leva a filha a escola. V quando lá chega vai para junto dos amigos à mesa de sempre.
Ashley: Estas bem? Tas tão pálida!
V: Sim, eu estou bem.
Zac: A mim não me parece nada.
Dá o toque e entram todos, a primeira aula era de Educação Física. Depois de se equiparem, começaram por aquecer dando voltas ao campo mas na segunda volta V teve que parar pois estava muito cansada. Mais a frente eles tiveram de fazer uma actividade que pedia muito esforço. V não conseguia mais, começou a sentir-se tonta e teve que encostar-se a parede pois já não aguentava estar em pé sozinha.
Prof: Vanessa, estas bem?
V: Claro que…
Mesmo antes de acabar a frase, V deixou de ter força nos joelhos e viu tudo as voltas acabando por desmaiar. Zac vendo aquilo corre para socorrer assustado. Em menos de 2minutos estavam todos à volta dela.
Prof: Eu vou levá-la a enfermaria mas, não vos quero deixar sozinhos.
Zac: Eu posso levá-la.
Prof: Sim, por favor.
Zac abaixa-se e põe V ao colo levando-a para a enfermaria. Por onde ele passava todos ficavam a olhar pois não era normal um rapaz está com uma rapariga inconsciente no colo, mas Zac não se importava. Estava demasiado preocupado com ela para ligar a esse tipo de coisas. Chega a enfermaria.
Zac: Desculpa. Mas, a minha… amiga desmaiou na aula de Educação Física.
Enfermeira: Venha comigo e deite-a aqui na maca.
Zac fez o que ela disse.
Enfermeira: Fique aqui que eu já volto.
Zac sentou-se ao lado de V, pegou-lhe na mão e acariciou a sua suave pele. Até que a enfermeira voltou.
Enfermeira: Já pode voltar para a aula, agora ela está em boas mãos.
Zac não a queria deixar sozinha mas também não podia ficar lá. Por isso resolveu deixa-la. Mas antes de ir, chegou-se ao pé dela e disse-lhe ao ouvido.
Zac: Melhora depressa.
Caminhando em direcção a porta olhava sempre para trás.

Capítulo 16
Uns minutos depois de Zac sair, V acorda.
V: O que eu estou a fazer aqui?
Enfermeira: Desmaiaste em E.F e um rapaz veio-te trazer.
V: Um rapaz?
Enfermeira: Sim, tinha olhos azuis e cabelo castanho claro. Estava muito preocupado, devia ser um amigo muito próximo.
Tinha sido o Zac, agora V tinha a certeza. Ela tinha ouvido a voz de Zac mas pensou que fosse apenas um sonho.
V: Quando me posso ir embora.
Enfermeira: Quando a sua mãe chegar. Eu liguei-lhe para a vir buscar.
V: Obrigado.
A Enfermeira saiu. Como iria agradecer ao Zac? De alguma força haveria de fazer. Enquanto pensava nisso, Zac tinha voltado para a aula e estavam a fazer filas para fazerem saltos. Houve uma fila na qual ficou Zac, Monique, Corbin, Miley e Ashley.
Miley: Como ela está?
Zac: Não sei, ainda não tinha acordado quando sai de lá. (salta)
Ashley: Pergunta-lhe!
Monique: Pergunta tu. (salta)
Corbin: Tê a ver que vou ter de perguntar eu. (Zac volta)
Corbin: Zac, tu gostas da V, não é?
Zac: Porquê?
Ashley: Queríamos saber. (salta)
Zac: E se gostasse?
Miley: Eu sabia!!!
Monique: Ele não disse que sim. (salta)
Miley: Mas também não disse que não! (salta)
E ficam a falar sobre isso até ao fim da aula, mas Zac não queria dizer nada pois primeiro tinha que falar com a V.
Logo chegou Gina super preocupada com a filha.
Gina: Estas bem? O que aconteceu filhinha? Diz me!
V: Calma mão, eu tou bem.
Gina: Ai está? Quem desmaia no meio de uma aula não me parece que esteja bem. Vamos para casa.
V: Primeiro tenho que agradecer ao… a pessoa que me trouxe aqui.
Gina: Não te preocupes, vais ter muito tempo para o fazer mas agora vais para casa e vais ficar o dia na cama.
V: O dia? Hoje vamos começar a gravar. Não posso faltar.
Gina: Não, nem pensar. Se essa febre não baixar, não saia de casa!
V não teve outra hipótese, teve que ir para casa e ficar a manhã inteira sozinha, deitada no quarto.
V: A febre não baixa, assim não vou poder ir. Que seca!
Nesse dia eles só tinham aula de manhã por isso, Zac resolve ir a casa de V ver como ela está. Não sabia se ela iria gostar, mas também não iria ficar ali sem saber se ela estava bem. Sim, tinha a decisão tomada, ia visitá-la. Já estava em frente da casa de Vanessa mas hesitou quando chegou a frente da porta. Ficou em frente da porta uns 5 minutos a decidir se tocava a companhia ou não. Foi quando ele sentou-se nas escadas e a Stella abriu a porta para ir ao parque brincar com os amigos.
Stella: Olá!
Zac assustou-se levantando-se logo.
Zac :Humm… olá.
Stella entra um pouco e grita.
Stella: Maninha!!!! O teu namorado está aqui. (volta para fora) Bem tenho que ir… Xau.
Zac: Xau…
Gina vem a porta.
Gina: Há sim, és o…
Zac: Zac… o amigo da V… Vanessa…
Gina: Ela hoje não vai poder sair, ela está…
Zac :Doente… eu sei. Só passei por aqui para saber como ela está.
Gina: Entre… entre.
Zac entra com Gina. No quarto V estava a vestir-se, não queria que o Zac a visse de pijama.
Gina: Espere um pouco que eu já a vou chamar.
Vanessa ou e das escadas grita.
V: Não é preciso mãe, eu já desço.
Gina: Então és amigo da minha filha…
Zac: Sim , sou da turma dela.
Gina: Desculpe a minha filha mais nova… ela tem muita imaginação.
Zac ri-se: Não se preocupe… crianças.
Gina: E vives aqui perto?
Zac: Sim, vivo um pouco antes da escola.
V desce as escadas a correr.
V: Desculpa a minha mãe… já te deve ter feito o interrogatório.
Zac: Não, gostei muito de falar com ela.
Gina: Sim, o teu amigo é muito simpático.
V: Sim, sim… anda falar lá para a sala. (Vanessa olha para a mãe)
Gina: Sim, eu fico aqui a fazer-vos um lanchezinho.

10 comentários:

Di@n@ disse...

Adorei o capitulo... esta fantastico!!!! :)
Continua...
Bjs

jessica disse...

adorei continua!
bjs

historias_zanessa disse...

divulga visita e comenta neste blog bjx
http://historias_vanessazac.blogs.sapo.pt/

hsm disse...

participa no concurso blogs HSM inscreve os teus blogs do HSM ou de alguma personagem,por exemplo:Ashley Tisdale,Lucas,Monqiue ETC...
http://concursos_blogs_hsm.blogs.sapo.pt
Boa Sorte
BjoOx

TIta disse...

Adorei está um máximo, continua assim, quero ver o que vai acontecer no próximo capitulo!!!=)

Anónimo disse...

adorei.....esta linduhhhh...cada vez melhor..kontinua bjx assVERA RODRIGUES

Anónimo disse...

tá mt giro

HannaMoranguita disse...

Divulga um blog novo de histórias Zanessa que eu criei! Já tem lá 1 capítulo!

É pequeno, mas é capítulo!!! Lol!
http://historiaszanessa.blogspot.com/

HannaMoranguita

Mariana disse...

muito lindu...mtx paravenx..=)

TIta disse...

Gosto da nova imagem do blog, é gira!!! =)